quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Opinião dos leitores "Concorda com a instalação de antenas de Telemóvel no topo ou nas próximidades das habitações?"

Durante 3 meses esteve disponível no blogue uma sondagem para saber se as pessoas concordavam com a instalação de antenas de telemóvel no topo dos prédios ou próximo das habitações e o resultado foi de 86% de pessoas que NÃO concordam, contra 14% que concordam.

3 comentários:

Fernando Lopes disse...

O que é estranho é que ainda haja 14% que concordem. Infelizmente soube ontem que o monstro que estava a ser colocado ao lado da minha casa (lote com 5 casas geminadas, sem condomínio) foi colocado pela Vodafone mediante licença da CMO de Agosto último. Este mau vizinho (que nada disse) deve acreditar que está protegido debaixo do tal "chapéu". O bairro parece que vai entrar em polvorosa.
Fernando Lopes - Alto do Lagoal em Caxias

Jorge Ferreira disse...

A atenuação em espaço livre de uma onda electromagnética na frequência de operação dos telemóveis é de -38dB por metro.
A potência de emissão de um telemóvel é de 2mw (pouco mais que 1 dBm)(-30dB).
A potência de emissão das antenas que são colocadas no mastro das casas é de em média 30 dB. Alem disso emitem na horizontal.
Sendo assim mesmo em frente à antena, à distância de dois metros já se leva com uma potência menor que a que se leva com o telemóvel na orelhinha.
30 - (2x38) = -46 dB = -16 dBm
Muito menos potência que a emitida por um telemóvel.
Por isso não vejo o problema aqui.

AntenasNao disse...

O problema, é que apesar de ser uma potência inferior à de um telemóvel, ela é contínua 24hx365 dias.
A falta de bom senso leva a que estas antenas sejam instaladas no meio dos prédios, sem respeitar os prédios em redor. O facto da propagação ser na horizontal (apesar de não ser um feixe homogéneo), poderá não penalizaria tanto as habitações em redor, contudo, as antenas estão a surgir em locais com prédios ao mesmo nível das antenas e com prédios mais altos que as próprias antenas. Passem na Avenida Brasília em Oeiras e vejam a falta de bom senso.

Por outro lado, tal como referido em artigos anteriores, a legislação toma partido das operadoras ao permitir níveis muito mais elevados do que noutros países, legislação essa que apenas reconhece os efeitos térmicos associados a este tipo de campos e ignora por completo os vários estudos que associam os tais campos de baixa potência a efeitos não térmicos que estão na origem de várias doenças.

Já está comprovado que os campos electromagnéticos provenientes da rede GSM têm a capacidade de danificar as nossas estruturas de ADN. Recentemente e ao fim de 30 anos de estudos, foi publicado o primeiro estudo que justifica o facto dos números de leucemia infantil aumentarem nas populações que vivem junto das linhas de alta tensão (são frequências muito inferiores é um facto). Estas linhas de alta tensão, também provocam danos no nosso ADN, mas o corpo humano tem a capacidade de regenerar as nossas células. Contudo, as crianças que estão numa fase de desenvolvimento do seu sistema imunológico são as mais afectadas por esta situação e existem crianças com menor capacidade de reparar as adversidades que ocorram ao nível celular e quando tal não é possível, o nosso organismo está na presença de células que não podem ser reparadas, ou seja, cancro. Para este grupo de crianças, viver perto de uma linha de alta tensão ou postos de transformação, aumenta em 4 vezes a probabilidade de virem a ter leucemia (cancro no sangue para quem não sabe).
Com as redes móveis as frequências são mais altas mas se de facto os estudos assim o comprovam, este grupo de crianças poderá igualmente ser colocado em risco por esta tecnologia.


Perante tudo isto, a incerteza é grande, o risco existe e viver perto de uma antena de telemóvel não tranquiliza nenhuma família que esteja preocupada com o bem estar dos seus filhos.
Se tal for realmente seguro, alguém que assuma publicamente a responsabilidade pela saúde dos nossos filhos daqui a 20 anos.

Se nem um estudo como o Interphone, que foi o maior estudo efectuado sobre o impacto dos telemóveis na saúde, não foi ainda publicado e já se passaram mais de 3 anos desde a sua conclusão, como é que alguém pode ficar seguro de que esta tecnologia é segura?

 
As mensagens colocadas na secção reservada aos comentários são da responsabilidade única e exclusiva dos seus autores

Localização das três antenas

Pode navegar no mapa e clicar nos símbolos

View Larger Map
Problemas com o Internet Explorer

Galeria de Fotos

____________________________________________________________
Se mora junto de um prédio recheado de antenas ou se a antena instalada está a uma curta distância da sua casa ou perto do nível da sua habitação, ou se os elementos da antena estão virados para o chão ou para a sua habitação, então poderá documentar essa situação nesta galeria. Envie as fotos para o mail deste blog.
Na fotografia enquadre o seu prédio ou habitação com a antena se possível, o objectivo é criar uma galeria de fotos com antenas instaladas em locais que demonstrem falta de bom senso de quem as instala e autoriza.
Pode ver o slideshow ou seleccionar na zona inferior a foto pretendida.Ao clicar numa foto pode ver o descritivo associado.

Envie a sua foto para o mail deste blog

Questionário sobre Telemóveis e suas antenas